Conecte-se com a gente

Olá, o que você procura?

COLUNAS

Drops #10 – Do house ao techno, ouça a seleção de lançamentos da última semana

De Liu e Chemical Surf com Zafrir e D-Nox a Tale of Us

O duo eletrônico Disclosure lançou “My High”, em parceria com o rapper britânico Slowthai e com o americano Aminé.

Aqui estamos para mais uma seleção de lançamentos. Nesta semana, trago uma mistura bastante interessante, intercalando sons mais comerciais e outros nem tanto. 

Leia também: Daft Punk pode assinar trilha sonora de novo filme da Disney

Nos nacionais, tem o som novo do Liu — que, aliás, faz sua estreia nos vocais de apoio — em parceria com Pynno e a cantora australiana Kirrah Amosa; Chemical Surf numa collab abrasileirada com Zafrir; MECA fazendo bonito com um belo som progressivo ao lado do jovem produtor HAAS; e os mineiros Clubbers, que também apostam em uma pegada mais melódica e sentimental em collab com Emperators Music. 

O internacional também vem com várias tracks de peso, começando com som do maestro D-Nox e um vocal intrigante e divertido; o duo Disclosure colaborando com rappers e apostando numa roupagem hip-hop; Lane 8 e Kidnap te fazendo viajar por meio de vibrações progressivas; Lee Foss e sua pegada dançante; Stan Kolev com seu som sério e hipnotizante; e por fim um baita remix do duo Tale of US para ninguém menos que Moby. 

Quer dividir seu som novo com a gente? Então mande a sua demo para lucio@ddrop.com.br.

Bóra ouvir! 

 


Disclosure, Aminé, Slowthai – My High

O duo eletrônico Disclosure lançou “My High”, em parceria com o rapper britânico Slowthai e com o americano Aminé. Com uma roupagem hip-house, a faixa também ganhou um videoclipe — caótico, mas muito divertido — que mostra uma insana jornada de um paciente deitado em uma maca sendo levado para os mais aleatórios lugares: de uma quadra de basquete a casas noturnas e um supermercado. “My High” integra o novo álbum de estúdio do Disclosure, intitulado “ENERGY”, que vai ser lançado em 28 de agosto. 

 

Liu, Pynno – Children of a Dream ft. Kirrah Amosa

“Children of a Dream” marca a parceria entre Liu, o DJ e produtor mineiro Pynno e a cantora australiana Kirrah Amosa. Lançada pela Universal Music, a faixa traz uma boa combinação de um som mais melódico, de vocais suaves, com drops cheio de groove — e aquele grave que é marca registrada nas produções do Liu. Ele que, inclusive, faz sua estreia nas vozes de apoio. 

 


Lane 8 & Kidnap – Matcha Mistake

“Matcha Mistake” marca a segunda colaboração entre os produtores Lane 8 e Kidnap, que em 2017 lançaram a elogiadíssima “Aba” pelo selo Anjunadeep. Agora, provam mais uma vez que a parceria deu certo. Melódica e com vibrações progressivas que se unem de maneira uniforme e harmoniosa com os sintetizadores, “Matcha Mistake” é aquele tipo de som capaz de te levar para um outro lugar, mesmo que por apenas alguns minutos. 

 


D-Nox, Lonya & DJ Zombi – Red Light Stories ft. Amber Long

Lançada pela Einmusika, label de Berlim, “Red Light Stories” marca a colaboração entre o alemão D-Nox, e os israelenses Lonya e DJ Zombi. A faixa traz uma melodia profunda e os vocais falados bastante curiosos e divertidos de Amber Long. Só ouvindo mesmo para entender. 

 


Zafrir & Chemical Surf – Paranaue

“Paranaue” traz uma fusão de estilos, muito por conta da personalidade sonora dos artistas envolvidos. Zafrir e Chemical Surf aplicam batidas e tambores ecléticos nessa faixa de drops intensos. A repetição da palavra “Paranaue” — relacionada à prática da capoeira — dita o ritmo da música que, mesmo inclinada para o bass house, foge um pouco dos padrões. 

 


MECA, HAAS – Nowhere To Go ft. Davi Lisboa

Bela track dos DJs e produtores brasileiros MECA E HAAS. Lançada pelo selo Só Track Boa, do Vintage Culture, “Nowhere To Go” traz ainda um ótimo vocal de Davi Lisboa, que dá um tom melódico e bem convidativo. Os produtores apostam nessa linha mais progressiva de som que, aos poucos, vem ganhando espaço na cena mainstream. Confesso que não conhecia o trabalho do HAAS, mas já fiquei curioso para ouvir o que mais ele tem a oferecer musicalmente. 

 


Clubbers, Emperors Music – Haunt Me

Clubbers repete a parceria com os jovens promissores do Emperors Music, de São Paulo e Santa Catarina, com quem já haviam lançado “Lost in True Devotion” no ano passado. Sobre esse lançamento, falamos com o duo mineiro: 

“A ‘Haunt Me’ foi uma ideia que o Emperors apresentou pra gente em janeiro, quando convidamos eles para tocar na nossa festa autoral e ficamos umas semanas em estúdio. A letra foi escrita por eles e tem uma melodia muito bonita. Estávamos esperando o momento certo para lançar esse som, que é uma pegada nova, mais melódica e sentimental, que estamos trazendo para nossas produções”.

 


Lee Foss & Martin Ikin feat. Hayley May – Gravity

Depois de lançar uma faixa com Eddy M (sobre a qual falamos aqui), Lee Foss retorna à Repopulate Mars para um lançamento que continua consolidando o status da gravadora como uma das mais importantes da house music nos últimos tempos. Com uma melodia suave e dançante, “Gravity” é uma parceria com Martin Ikin — que estreou no selo no início do ano com “No No” — e a talentosa cantora britânica Hayley May, reconhecida por sua distinta e comovente voz. 

 


Stan Kolev – Propaganda

Nome recorrente nos charts de melodic e progressive house, Stan Kolev nos presenteia com mais um som forte, hipnotizante e de muita personalidade. O DJ e produtor búlgaro/americano aposta numa faixa densa, sem vocais, com alguns poucos elementos de percussão e batidas progressivas que instigam até um certo mistério. 

 


Moby – My Only Love (Tale Of Us & Anyma Remix)

A dupla italiana baseada em Berlim Tale of Us e o ainda desconhecido Anyma, novo artista do conceituado selo Afterlife, se juntaram para criar esse remix impecável de “My Only Love”, lançada em maio pelo icônico Moby. Nesta nova versão, os produtores mexeram apenas o suficiente para manter a emoção e a euforia da versão original. Com o sintetizador e as batidas intermitentes do grave, criou-se uma base perfeita — e profunda — para o remix. Tale of Us consegue tocar a alma com suas produções. Tem algo tão fascinante e bonito que é difícil não notar.

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

DROPNEWS

Informações atualizadas sobre o funcionamento dos clubs, restaurantes, bares e o retorno gradual das atividades sociais impactadas pelo Covid-19

DROPNEWS

Através de suas redes, a DJ postou os motivos que a levaram a tomar esta decisão

DROPNEWS

Contas que continuarem usando aplicativos para ganhar curtidas e seguidores poderão ser banidas da plataforma

DROPNEWS

"Até peguei meu drone pra dar uma olhada lá fora e vi que tinha muita gente mesmo. Falei: 'Cara, tô querendo encerrar'."

DROPNEWS

Foi o melhor resultado da semana colocando o DJ à frente de Katy Perry e Anitta

DROPNEWS

O DJ alcançou a marca de 14 milhões de ouvintes mensais, ficando atrás apenas de Anitta

DROPNEWS

O acidente despertou uma corrente do bem entre artistas nas redes sociais

Publicidade